Microagulhamento – Tratamento para estrias, manchas e rugas

por Flávia Lemes on junho 12, 2012

Microagulhamento contra estrias, rugas e manchas
As estrias brancas, manchas na pele e rugas são exemplos de probleminhas estéticos que trazem bastante insatisfação. Esta verdadeira guerra por uma aparência melhor está ganhando um novo aliado, o microagulhamento. Aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o microagulhamento é um tratamento para estrias , manchas e rugas, que promete até 80% de remoção de estrias em menos de dez sessões.

Como é feito o microagulhamento

A técnica pode ser feita em diferentes tons de pele, com bons resultados. De simples operação, o aparelho realiza microfuros na região a ser tratada, que melhoram a absorção de cosméticos e ainda estimulam a produção de colágeno e elastina, que são os responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele.

As agulhas são realmente micro, chegando a ter até dois milímetros de comprimento. São dezenas de pequenas agulhas, acopladas à rolinhos que deslizam pela pele. As lesões provocadas pelas agulhas fazem com que as células tenham que se regenerar, reparando imperfeições. A recuperação é bastante rápida, sendo um ponto positivo do tratamento.

São necessárias entre três e sete sessões para obter bons resultados, respeitando um intervalo de um ou dois meses entre uma sessão e outra.

O microagulhamento dói?

Normalmente não causa dor, já que é usado um creme anestésico na região a ser tratada, antes de iniciar o procediment0. A pele apresenta vermelhidão após o tratamento, que vai suavizando até sumir por completo em no máximo dois dias. Segundo profissionais, já é possível notar uma melhora na pele logo nas primeiras sessões.

Microagulhamento para fazer em casa

Além do tratamento profissional, feito nas clínicas de estética, existe também a opção de fazer em casa mesmo. Rolos com agulhas de 0,25 milímetros podem ser comprados em lojas de cosméticos por um preço médio de R$300. As agulhas para o microagulhamento em casa são bem menores do que as do aparelho das clínicas, para evitar dor ou complicações. Mas vale lembrar que é preciso ter cuidado em dobro para fazer o tratamento por conta própria, já que se as agulhas não estiverem devidamente higienizadas, podem provocar cicatrizes e até infecções.

Contraindicações do tratamento

Pessoas com tendência à formação de quelóide e gestantes não devem fazer o tratamento. O microagulhamento também não deve ser feito em áreas infeccionadas.

{ 1 coemntário… read it below or adicionar um }

1 Carolne julho 26, 2012 às 9:37 pm

Olá, meu nome é Caroline tenho 26 anos e obtive varias estrias largas e finas em toda parte do abdomem durante a gestaçao de minha filha. Alguns meses atras comprei um DERMAROLLER com agulhas de 1.5mm, para tentar remover estas estrias desgraçadas, é dolorido passar sem algum tipo de anestesico… qual seria o mais recomendado passar antes? e depois da aplicaçao, pode se usar algum tipo de creme ou acidos ?

Responder

Deixe um comentário

Post anterior

Post seguinte